+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
Ativa Logística investe forte em logística 4.0 para fortalecer operações de clientes em 2019
Data – hora / Fonte

Transformar a logística mais eficiente, rápida e menos custosa. Baseado nesse tripé, a Ativa Logística (www.ativalog.com.br), um dos maiores operadores logísticos de medicamentos e cosméticos no Brasil, investe pesado na logística 4.0. Com ela, a ideia é reduzir o lead time, disponibilizar um Centro de Distribuição mais inteligente, produtivo, com a virtualização dos processos e operações e oferecendo informações em tempo real ao cliente em qualquer parte do mundo com apenas um clique.

De acordo com Daniela Chinaglia, engenheira de processos da Ativa Logística, uma série de testes já foram realizados com algumas tecnologias, especialmente nas filiais de São Paulo, Vitória (ES) e Campos dos Goytacazes (RJ). “A ideia é trazer mais informatização e automação no transporte e atendimento aos clientes. Queremos antecipar a informação”, afirma.

Toda essa eficiência operacional, proporcionada pela tecnologia com a IOT (Internet das Coisas) e Big Data, segundo Clóvis A. Gil, presidente da Ativa Logística, vai eliminar desperdícios e gargalos, fortalecendo as operações dos clientes com ganho nos prazos e na redução de custos. “Definitivamente, logística 4.0 não é o futuro, é o hoje. Não podemos deixar de investir sob a pena de sermos engolidos pelo mercado”, afirma o executivo

Além do investimento em novas tecnologias e treinamentos de qualificação para gestores, a Ativa Logística investe em automação. “Para ganharmos mais agilidade e segurança nas operações de transferência de cargas. Tudo para garantir uma distribuição sem erros”, afirma Marcelo de Azevedo Souza, gerente Nacional de Operações da Ativa Logística.

A companhia investiu também em um sistema de CRM (Customer Relationship Management) para ter uma visão 360 das operações. “Tudo isso para aprimorar o relacionamento com os clientes e entender melhor seus desejos e necessidades, para identificar novas soluções de forma inovadora e eficiente”, comenta Alex Nunes, cCoordenador de TI da Ativa Logística.

Como já anunciado no ano passado, até o final de 2019 a companhia prevê investir cerca de R$ 30 milhões na aquisição de novas tecnologias, contratações, e ampliação da frota. Com mais de 800 veículos, a Ativa realiza operações para todo o Brasil, por meio de operador logístico e modal aéreo e pelas suas 18 unidades em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Paraná.

 


voltar