NTC&Logística elege novo presidente em Assembleia Geral em Brasília
Compartilhe:

Assembleia Geral Eleitoral elegeu em Brasília nova diretoria da entidade a partir de janeiro de 2020.

A Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística – NTC&Logística elegeu nesta quinta, 28, Francisco Pelucio como novo presidente da entidade, o ex-diretor financeiro comandará a entidade para o próximo triênio, sucedendo José Hélio Fernandes, que presidia desde janeiro de 2014. Pelucio foi o candidato único indicado à presidência pelo Conselho Superior da Associação e o início de sua gestão será em 1° de janeiro de 2020, quando se tornará o 14° presidente a comandar a entidade. O empresário e atual presidente da FETRANSCARGA, Eduardo Rebuzzi, será o Vice-presidente juntamente com Pelucio.

Perfil do novo presidente

Sempre muito atuante nas entidades de representação empresarial de um setor responsável por mais de 65% da circulação e distribuição de produtos no país, Francisco Pelucio foi presidente da então ABTF – Associação Brasileira de Transportadores Frigoríficos, da ABTI – Associação Brasileira de Transporte Internacional e do SETCESP – Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região, o maior do Brasil em seu segmento econômico. Ocupou anteriormente outros cargos relevantes na Federação das Empresas de Transporte de Carga do Estado de São Paulo e na própria NTC&Logística.

Partidário do lema “continuação sem continuísmo”, o 14º presidente da NTC&Logística exercerá o seu próprio estilo de administração sem romper com as principais realizações anteriores. Receberá o cargo das mãos de José Hélio Fernandes, atual presidente.

De sua plataforma a ser materializada  em conjunto com uma diretoria que também se renova, fazem parte, entre outros objetivos, o fomento dos serviços prestados aos associados da entidade, mantendo-os permanentemente atualizados com as mais avançadas técnicas e ferramentas de gestão, inclusive no que tange a produtividade e redução de custos; o incremento do diálogo com os organismos governamentais de maneira a contribuir para com o desenvolvimento de setor e do País e manter o diálogo permanente e transparente com os órgãos de imprensa com o objetivo de manter a sociedade informada sobre transporte de cargas, logística e infraestrutura, fatores que considera fundamentais para a economia e a vida brasileira.


voltar