Ressuscite a sua curiosidade
Compartilhe:

Quando você era criança, você queria saber tudo. Perguntava tudo! Você chegava a ser inconveniente de tanta curiosidade que tinha e não tinha a menor vergonha de expressá-la. Fosse quem fosse e em qualquer lugar, você queria saber tudo e não media nenhum esforço para descobrir o que queria saber.

Exatamente por causa dessa sua curiosidade é que sua mãe e seu pai diziam que você era a criança mais inteligente do mundo. E quando perguntavam a eles o porquê de acharem você tão inteligente eles respondiam:

– Ele(a) pergunta tudo! Quer saber tudo!

Onde foi parar essa curiosidade toda? Por que você deixou que ela morresse? Quantas coisas você gostaria de saber e não sabe? Quantas coisas você não sabe e finge saber? O que aconteceu com você?

Você hoje tem vergonha de perguntar o que não sabe. Você até acha inconveniente quem pergunta. Você tem preguiça de pesquisar no Google alguma informação que não sabe e sabe que deveria saber ou que seria muito bom se soubesse.

Você critica quem demonstra curiosidade. Você chama essas pessoas de xeretas. O que aconteceu com você?

Meu conselho é muito simples e direto: ressuscite a sua curiosidade – aquela que um dia você deixou morrer pela idade, pela vergonha, pela preguiça, pela inércia.

Ressuscite a velha curiosidade. Pergunte! Pergunte tudo. Pergunte muito.

Queira saber tudo o que não seja fofoca e maledicência. Não tenha vergonha de dizer que não sabe. Saiba tudo sobre os produtos e serviços de sua empresa, sobre o seu setor de negócios, sobre seu ramo de atividades.

Se você deixar sua curiosidade renascer, você renascerá com ela para um novo mundo, uma nova vida, cheia de informação, cheia de conhecimentos novos, cheia de vida!

Pense nisso. Sucesso!


voltar