Unidades do SEST SENAT atuam como pontos de vacinação contra a covid-19 e a gripe
Compartilhe:

Desde a última semana de maio, as unidades do SEST SENAT começaram a atuar como pontos de vacinação contra a covid-19 e contra a gripe influenza. Para isso, foram firmadas parcerias entre as unidades e as prefeituras e secretarias de saúde municipais.

Em comunicação com o Ministério da Saúde, em dezembro do ano passado, o Sistema CNT disponibilizou as unidades do SEST SENAT de todo o país para serem pontos de vacinação. Além disso, o Sistema CNT colocou à disposição do governo federal a vasta experiência da entidade em campanhas de conscientização, com o intuito de orientar adequadamente a população sobre os benefícios coletivos da vacina.

A iniciativa tem como objetivo facilitar a vacinação dos trabalhadores do transporte e da sociedade em geral.

Acompanhe as unidades que estão atuando como pontos de vacinação exclusivos para trabalhadores do transporte para cada tipo de vírus:

Influenza

Campos dos Goytacazes (RJ)

De 9 de junho a 30 de setembro, das 9h às 15h

As unidades de Carazinho (RS), Crato (CE), Divinópolis (MG), Formiga (MG), Foz do Iguaçu (PR), Ijuí (RS), Guarapuava (PR), João Pessoa (PB), Paragominas (PA), Pelotas (RS), Picos (PI), Rio de Janeiro – Deodoro (RJ), Rondonópolis (MT), Santa Rosa (RS), Sete Lagoas (MG), Teresina (PI) e Vilhena (RO) também já disponibilizaram suas estruturas para vacinação contra a influenza.

Covid-19

 Campos dos Goytacazes (RJ)

De 5 de julho a 31 de agosto, das 9h às 15h

Paragominas (PA)

Dia 28 de agosto, das 8h às 16h – aplicação da segunda dose

Presidente Prudente (SP)

18 e 19 de agosto, das 8h30 às 15h – aplicação da segunda dose

Teófilo Otoni (MG)

23 de setembro, das 8h30 às 15h – aplicação da segunda dose

As unidades de Bento Gonçalves (RS), Chapecó (SC), Concórdia (SC), Formiga (MG), Governador Valadares (MG), Ijuí (RS), Itabuna (BA), Macapá (AP), Palmas (TO), Pelotas (RS), Rio Grande (RS), Rio Negrinho (SC), Santa Maria (RS), Santa Rosa (RS), Uruguaiana (RS), Vilhena (RO) e Vitória da Conquista (BA) também já disponibilizaram suas estruturas para vacinação contra a covid-19.

Grupo prioritário

 Atendendo a pedido da CNT, o governo federal incluiu, em janeiro, segmentos dos profissionais do transporte no grupo prioritário da campanha nacional de vacinação contra a covid-19. Estão, no grupo prioritário, os caminhoneiros; portuários, incluindo trabalhadores da área administrativa; empregados das companhias aéreas nacionais (aeronautas e aeroviários); empregados de empresas metroferroviárias de passageiros e de cargas; empregados de empresas brasileiras de navegação; e motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, incluídos os motoristas de longo curso.

Os trabalhadores de portos e aeroportos já começaram a ser vacinados desde o dia 26, quando o Ministério resolveu antecipar a imunização desse grupo, após a identificação de uma nova variante do novo coronavírus no país.

A vacinação dos trabalhadores dos outros modais começou em algumas cidades, de acordo com a orientação das secretarias municipais.


voltar