+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
08 de Novembro de 2016 – 05h28 horas / Correio do Estado

O setor de transportes de cargas fechou 30% dos postos de trabalho nos últimos dois anos em Mato Grosso do Sul.

 

Os cortes, que correspondem a aproximadamente cinco mil empregos, são resultado na recessão que atingiu o País, conforme explicou Cláudio Cavol, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas do Estado (Setlog MS).

 

Segundo Cavol, o transporte de cargas é um dos setores da economia que sentem mais rapidamente a chegada de uma crise. “Estamos há mais de 18 meses em declínio. Quando acontece uma pequena elevação, é pontual, como início da safra de soja ou da safrinha do milho. Isso, porém, não dura mais que 40 dias. Depois volta aos patamares anteriores e a cair”, completou.

 

Para ele, o número de demitidos pode ser ainda maior, se somados os empregos indiretos.


voltar