+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
SETCESP apresenta propostas para a Comissão sobre Mobilidade Urbana

Debate foi realizado na Câmara dos Deputados, em Brasília, para tratar da PL 4881/12.

No dia 17 de setembro foi realizada, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), a Comissão sobre Mobilidade Urbana (PL 4881/12). E quem esteve presente na audiência pública, representando o setor de transporte rodoviário de cargas a convite da CNT – Confederação Nacional dos Transportes, foram o Secretário Geral da entidade, Marinaldo Barbosa, e o diretor do IPTC – Instituto Paulista do Transporte de Carga, Fernando Zingler.

Durante a tarde, foram discutidas várias questões a respeito da mobilidade urbana. Para Marinaldo, “a audiência pública foi muito boa, pois nós apresentamos todas as nossas bandeiras e falamos com propriedade sobre a dificuldade do setor”, afirma.

Por falar em bandeiras, o SETCESP tem doze propostas para a logística de cargas como aliada da mobilidade:

  1. Criação de diretorias especializadas em cargas e logística dentro das secretarias municipais de transporte;
  2. Retirar de circulação veículos irregulares;
  3. Padronização e incentivo ao VUC (Veículo Urbano de Cargas);
  4. Padronização nas restrições de circulação de veículos comerciais de carga na ZMRC e na GRMSP;
  5. Adequação e mais vagas para carga e descarga;
  6. Ampliação e modernização das entregas noturnas;
  7. Terminais e mini terminais d e abastecimento urbano e transbordo de cargas;
  8. Implementação de corredores logísticos para carga de passagem;
  9. Combater a ineficiência no recebimento de mercadorias;
  10. Políticas de zoneamento nos entroncamentos entre rodovias e ferrovias para promover multimodalidade;
  11. Desenvolvimento de tecnologias para automatizar as demandas do TRC;
  12. Programas de educação e conscientização de boas práticas na indústria do transporte.

Já para Fernando, a comissão foi um momento para apresentar os problemas enfrentados pela cidade de São Paulo. “Falamos sobre estacionamento, restrições, idade da frota, apreensão de veículos, entre outros problemas relacionados à distribuição de mercadorias nos centros metropolitanos, para dar um apoio na construção dessa política pública do transporte de carga urbano”.

Quer ver tudo o que aconteceu na audiência pública? Então acesse o link para assistir ao debate.

Para conhecer os detalhes da proposta do SETCESP, clique aqui.


voltar