Reformas à vista
Compartilhe:

Após um 2019 marcado pela aprovação da Reforma da Previdência, a agenda de reformas do atual governo deve ter continuidade, conforme apontou na semana passada o Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministro afirmou que permanece comprometido com as reformas e que já houveram negociações da equipe econômica com os demais ministérios para superar resistências à reforma administrativa.

Além da Tributária, a Reforma Administrativa também tem sido um dos alvos do governo.

Enxugar a máquina pública é preciso para desburocratizar alguns processos, modernizar o Brasil e fazê-lo com que avance. Criar um sistema de avaliação do funcionalismo, baseado no mérito de cada um, também é uma proposta coerente, já que o mesmo ocorre na iniciativa privada.

Quanto à reforma tributária, essa é fundamental para que o país avance em competitividade. De acordo com o último levantamento do Banco Mundial, o Brasil ficou na 124ª posição no ranking de ambiente de negócios. Além de ser um dos 10 piores países do mundo para pagar impostos. Reformar o nosso sistema tributário é urgente, para estimular a produtividade, inovação e o crescimento econômico.

Por isso, o SETCESP apoia as reformas, tanto tributária, quanto administrativas, mas chama atenção para que sejam efetivas e não apenas pontuais e de interesses de poucos.

Por que todos brasileiros, sejam empresários ou não, merecem uma Legislação uniforme e simples, que promova segurança e previsibilidade para o contribuinte e para o fisco. Sobretudo transparência quanto ao pagamento de tributos.


voltar