Números que garantem um futuro
Compartilhe:

Em 2020, conhecemos 30 projetos desenvolvidos por transportadoras que ajudam a cuidar melhor das pessoas, do planeta e dos negócios

Tudo começou há sete anos, quando o SETCESP resolveu premiar as empresas com melhores práticas sustentáveis. Desde então, a cada ano, o Prêmio de Sustentabilidade da entidade vem ganhando mais adesão e acompanhando de perto, o comprometimento das transportadoras em utilizar melhor os recursos, em otimizar seus processos e em promover o bem estar de seus colaboradores e da comunidade em seu entorno.

E todo esse cuidado pode ser traduzido em números. No ano passado, as medidas tomadas pelas empresas inscritas na categoria Responsabilidade Ambiental da premiação, possibilitaram uma redução de 668.928 litros no consumo de combustíveis fósseis, o que gerou um impacto direto nas emissões de dióxido de carbono (CO²). Cerca de 30.398 toneladas de CO² deixaram de ser emitidas na atmosfera.

Outra redução apresentada, foi quanto ao elemento mais fundamental à vida, medidas como reúso da água pluvial viabilizaram uma economia 4.156 m³ de água. Além disso, a utilização de fontes alternativas de energia permitiu uma economia de 54% de energia elétrica. Com utilização de placas solares, as empresas tiveram uma produção de 473.117 Kw/ano de energia limpa.

Somadas, a redução do uso de combustível com a economia no uso de água e de energia elétrica, trouxe impactos diretos nos resultados das empresas. Uma busca real pelo equilíbrio entre produção e preservação. Ao todo, as empresas inscritas tiveram um ganho de produtividade média de 50% em suas operações, fora isso, houve uma otimização do tempo operacional de 45%, que elas puderam expor na categoria de Gestão Econômica do prêmio.

Sem falar no recurso hoje mais valioso para as empresas que são seus colaboradores. O investimento em treinamentos teve efeito na redução de acidentes, na retenção de talentos e também no ganho de eficiência energética. Juntas as 6 empresas participantes na categoria Responsabilidade na Segurança Viária e do Trabalho garantiram 3.908 horas de treinamento para motoristas e profissionais do TRC e com isso, aconteceu uma redução de 70% na média de acidentes.

E o cuidado com as pessoas em situação de vulnerabilidade foi ainda além. Os dados revelados após a premiação expuseram números reconfortantes, em um tempo onde a crise sanitária agravou também o quadro econômico do País inteiro.

Mais de 600 toneladas de alimentos foram doados e 13.400 itens de higiene e álcool 70%, mostrou o balanço considerando os projetos de empresas que participaram na categoria Responsabilidade Social. Mais de 157 mil pessoas e 18 entidades foram beneficiadas.

As empresas que abraçam a sustentabilidade conquistam uma melhor cultura corporativa, demonstram ao mercado serviços mais confiáveis o que resulta também em maior lucratividade a longo prazo. A redução de custos e economia para essas as 30 empresas participantes do 6º Prêmio de Sustentabilidade chegou a mais de R$36 milhões.

E agora, essas marcas tem tudo para serem superadas, porque vêm aí a 7ª edição do Prêmio. As transportadoras têm mais uma vez a chance de apresentarem seus projetos em quatro categorias: Responsabilidade Ambiental, Social, da Segurança Viária e do Trabalho e Gestão Econômica.

O meio ambiente e as gerações futuras agradecem. Ser sustentável no mundo atual além de uma questão de sobrevivência — é também de economia.


voltar