+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
Mercado de implementos tem alta de 45% no semestre

Dados da Anfir apresentados na quarta-feira, 10 de julho, apontam que o segmento de implementos rodoviário segue em marcha de recuperação. De janeiro a junho, o mercado absorveu quase 56,2 mil reboques, semirreboques e carrocerias, volume 45,3% maior em relação às 38,6 mil unidades entregue um ano antes.

O resultado apurado até o momento permitiu à associação rever sua estimativa para 2019 com um crescimento mais robusto. Se no fim do ano passado a expectativa rondava alta de 10% a 15%, para vendas por volta de 85 mil unidades, agora a aposta é de uma expansão de 20%, com emplacamentos de até 110 mil produtos.

“O ritmo de recuperação seguiu inalterado nesses seis meses e, por isso, acreditamos que nosso mercado para 2019 deverá ser superior em relação à previsão que fizemos no fim do ano passado”, justifica em nota Norberto Fabris, presidente da Anfir.

No primeiro semestre, os equipamentos identificados como pesados – reboques e semirreboques -, se mostraram como a principal força de venda.

No período a indústria de implementos entregou 30,4 mil unidades, alta de 58,8% sobre os 19,4 mil implementos negociados nos primeiros seis meses de 2018. O acumulado do segmento representou 55% das vendas totais das associadas da Anfir.

Na categoria de leves, na qual reúne carrocerias sobre chassi, as vendas no primeiro semestre somaram 25,3 mil licenciamentos, crescimento de 32% na comparação com o desempenho apurado nos seis primeiros meses do ano passado, quando os emplacamentos chegaram a 19,2 mil unidades.

Também a indústria de implementos anotou resultado positivo nas exportações de 20%. No acumulado de janeiro a junho, os embarques somaram 1,3 mil unidades contra pouco mais de 1,1 mil registradas no primeiro semestre de 2018.


voltar