Gestão eficiente mantém Omnilink como referência
Compartilhe:

Mesmo em meio à pandemia de Covid-19, marca se mostra sólida e financeiramente saudável

O setor de transporte foi um dos muitos que sofreu com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre altos e baixos com a paralisação do País devido à crise sanitária, diversas empresas do segmento se reinventaram para continuar oferecendo qualidade e inovação.

Na Omnilink, os números desde 2019, data da mudança de comando com a entrada de Eduardo Lacet como presidente e Cristiane Akiko (vice), mostram uma empresa sólida e financeiramente saudável, estatísticas conseguidas por meio de ações pontuais que deixaram a operação mais eficiente, reduzindo custos e mantendo o status de referência no mercado de soluções de inteligência embarcada.

Para isso, a companhia mantém um comitê gestor que se reúne rotineiramente, formado pelo presidente e a vice, além das diretorias comercial, financeira e de operações. “É uma gestão personalizada, onde o presidente a vice estão o tempo todo inseridos nos temas do dia a dia. Dessa forma, conseguimos maximizar a atuação, resolvendo questões de uma maneira muito ágil. Essa forma de trabalhar reflete diretamente nos resultados e na performance do nosso negócio”, diz Joélcio Silveira, diretor de operações.

E os números falam por si. Em 2020, a Omnilink registrou um crescimento total de 12%, incluindo os 17% de alta em sua base instalada de soluções para localização de veículos de transporte e gestão de risco de cargas.

Para esse ano, a marca tem previsão de crescer mais 21% em faturamento, mesmo com os desafios apresentados pelo mercado, como a continuidade da pandemia.

Segundo o diretor financeiro, Alexandre Ferreira, a equipe tem papel fundamental nos resultados. “Cada funcionário está sendo protagonista em sua área de atuação. O ano de 2020 ficará marcado na história pela pandemia. Neste cenário, o desempenho financeiro da Omnilink, no último ano, reflete papel de destaque à nossa excelência operacional, com crescimento de vendas e rentabilidade, que garantiu a solidez da nossa posição financeira”.

No ano passado a Omnilink remodelou alguns modelos de negócio e consolidou parcerias importantes, visando adequar necessidades de empresas e caminhoneiros na busca por rentabilidade.

Foram feitos acordos com a CargoX, logtech que conecta cargas a transportadoras, e a FreteBras, maior plataforma on-line de transportes de cargas da América do Sul, para aquisição da linha de rastreadores e serviços com condições especiais e descontos de até 30%. Além disso, a Volkswagen Caminhões e Ônibus passou a oferecer a telemetria Omnilink de fábrica, para sua linha Meteor.

“Para 2021, continuamos revisando processos e reestruturando modelos que irão melhorar ainda mais a experiência de nossos clientes, entendendo cada detalhe operacional e com atendimento personalizado nos diferentes níveis de serviço e complexidade. Nosso time está engajado em superar expectativas e exigências”, destaca Fabricio Fatuch, diretor de vendas e marketing.

PRÊMIO. No final de fevereiro, a Omnilink recebeu o prêmio Top Of Mind como a marca mais lembrada por quem vive, pensa e decide transporte na categoria “rastreador”, segundo apuração realizada pelo Grupo TranspoData.

“A pesquisa envolveu empresários do transporte, embarcadores e motoristas profissionais de todo o Brasil, e demonstra um reconhecimento público do nosso compromisso com o setor.

Agradecemos essa confiança e renovamos a missão de continuar trabalhando por um mundo cada vez mais conectado, integrado e seguro”, completa o presidente da Omnilink, Eduardo Lacet.

Saiba mais em: omnilink.com.br
Instagram: @omnilinktecnologia
Facebook e Linkedln: Omnilink


voltar