Meios de pagamento eletrônico: uma opção segura
Compartilhe:

Quando pensamos em pagamento, o papel moeda perde cada vez mais espaço, deixando em cena o crescente processo de digitalização do dinheiro

A digitalização dos meios de pagamento, além de formalizar e permitir transações mais seguras, no transporte rodoviário de cargas, ela tem outra função: esta modalidade traz soluções que possibilitam maior controle da gestão da frota.

Em várias etapas como no abastecimento, passagem pelo pedágio e o no pagamento do frete, o transportador consegue realizar um gerenciamento mais efetivo dos seus negócios.

Sem falar que, o motorista passar diretamente pelas cabines eletrônicas em pedágios e não precisar mais ficar em filas para pagar o estacionamento, otimiza o tempo para a realização do transporte com tráfegos fluidos. Também não ter que manusear dinheiro, diminui uma potencial forma de contaminação pelo coronavírus.

A solução de pagamento de frete, pedágio e despesas por meio digital oferece agilidade, liberdade e segurança para quem paga e para quem recebe. Capaz de melhorar a relação entre as empresas e os motoristas autônomos.

Atualmente, para o pagamento eletrônico do frete existem empresas homologadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres –  ANTT, as chamadas IPEFs (Instituições de Pagamento Eletrônico de Frete) que prestam este serviço.

Para te ajudar a estruturar seu processo de pagamento de fretes, apresentamos abaixo uma lista de empresas homologadas que oferecem essa facilidade:

Apisul – A empresa disponibiliza meios de pagamento de despesa, frete, pedágio e combustível através de cartão pré-pago emitido pelo Banco Bradesco, com bandeira Visa, possibilitando a função de débito para o motorista.

CTF – Oferece, por meio do produto Rodocred, às empresas de transportes, total controle do pagamento do frete, permitindo ao contratante programar, gerenciar e monitorar todas as etapas do pagamento ao motorista autônomo.

Repom – As soluções da empresa permitem a segurança de cumprir todas as leis, integrando também a geração de CIOT e Vale-Pedágio, ambos obrigatórios. Além de contar com soluções de Gestão de Frota e Abastecimento.

Roadcard – O serviço inclui uma série de validações automatizadas, configurações de segurança e possibilidade de pagamentos, respeitando os processos operacionais da logística.

Precisando escolher também soluções para vale-pedágio? Confira a seguir as melhores opções do mercado:

Move Mais – Com esta solução o cliente conta com uma linha de crédito para pagamento pós uso e a facilidade de prever o custo por meio de mensalidades fixas. A fatura é emitida em prazos pré-definidos e sem custo de recarga.

Veloe – Está presente em 100% das rodovias com pedágios e nos principais estacionamentos. Possui um canal de atendimento exclusivo por telefone. Mais produtividade: sem precisar fazer reembolso ou conferência de comprovantes.


voltar