Sustentabilidade aliada a competitividade
Compartilhe:

Como suprir as necessidades básicas no presente sem comprometer os recursos necessários às futuras gerações? Essa questão tem sido uma das prioridades na pauta de muitas empresas que estão buscando alternativas para minimizar os impactos ambientais. 

Nos últimos anos, a sustentabilidade tem ganhado espaço na agenda das empresas, refletindo a tendência de aumento no consumo consciente e das discussões ambientais pela sociedade.

Desta forma, iniciativas de desenvolvimento sustentável estão cada vez mais inseridas no planejamento estratégico das organizações que, também por conta da preocupação com a escassez de recursos, perceberam a situação como um grande diferencial competitivo. 

A ideia de uma empresa isolada da sociedade, tendo como preocupação principal e única apenas a obtenção de lucro a qualquer custo, já não é tão bem vista e vai gradativamente sendo superada pela concepção de que as organizações, além de cumprirem sua função social de atendimento às demandas de grupos de consumidores, devem condicionar sua atividade a uma agenda de responsabilidade social vinculada ao bem de todos.

Marina Grossi, presidente do CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) conta que em dezembro do ano passado, na Conferência do Clima da ONU (Organização das Nações Unidas), em Madri, na Espanha, o conselho que reúne diversos empresários lançou um estudo que aponta que as mudanças do clima são hoje um dos principais vetores de riscos, mas também de chances para os negócios no País e no mundo.

“A maior parte das grandes empresas com atuação no Brasil já entendeu isso e está atuando para enfrentar o problema. Os resultados revelados neste estudo demonstram que enfrentar a emergência climática representa mais oportunidades do que ameaças para as empresas no Brasil. Em resumo, é financeiramente mais vantajoso fazer investimentos para materializar esses benefícios do que gerir os impactos negativos das mudanças de clima”, defende Marina.

Portanto, assumir padrões de sustentabilidade não serve somente para que os negócios sobrevivam às mudanças necessárias que a sociedade exige. Existem oportunidades que se abrem para aquelas organizações que transformam seus métodos de produção.

Dentro dos processos empresariais a variável da sustentabilidade faz com que as companhias busquem soluções mais eficientes. Permite uma abertura na revisão dos processos produtivos trazendo um espaço para a inovação e possibilita com que sejam reconhecidas no mercado, por adotar uma forma de competitividade responsável.

Justamente por isso, que a sustentabilidade começa ser vista como prioridade na gestão, por ser um eficiente plano para que as empresas conquistem clientes por meio de diferenciais em seus serviços. É desta forma que muitas organizações estão conseguindo driblar a crise, levando em consideração que os clientes e consumidores tendem a preferir fazer negócios com empresas que se destacam em meio à concorrência.

Para ser sustentável e alcançar vantagem competitiva uma empresa precisa que seu crescimento e suas ações sejam planejadas de maneira a respeitar o meio ambiente, os colaboradores e a sociedade como um todo.

E agora que você já sabe que é vantagem competitiva ser sustentável, que tal seguir algumas boas práticas que podem ser implementadas na empresa como: reciclagem de materiais; uso de materiais ecológicos; uso de filtros para barrar a emissão de poluentes no meio ambiente;  descarte adequado de esgoto e resíduos químicos; utilização de lâmpadas de LED; lixos de coleta seletiva nos ambientes de trabalho; troca de documentos online para evitar impressões; uso de materiais recicláveis para produzir as embalagens e redução do volume de embalagens ao máximo.

As dicas acima são simples, poderíamos colocar outras como como a utilização de placas de energia solar, troca do veículo convencional movido a diesel por modelos a gás, ou até mesmo híbridos, ações que envolvem maior investimento e conhecimento por parte da organização.

O importante é que cada atitude de sustentabilidade conta, e que o esforço de hoje se torna uma garantia de que haverá bens naturais para as pessoas no futuro.

Quer conhecer mais sobre responsabilidade Empresarial? Conheça algumas boas práticas adotadas por empresas do transporte rodoviário de cargas. Clique aqui, e veja as ações dos participantes do 5º Prêmio de Sustentabilidade realizado pelo SETCESP. Aproveite, se inspire, pratique a Sustentabilidade, e não fique de fora da próxima edição.


voltar