‘Paixão pelo negócio é o meu combustível’
Compartilhe:

A Fleetcor é líder mundial no segmento de gestão de combustível e meios de pagamento, a marca compreende as empresas CTF Technologies, Rodocred, Dbtrans, VB Serviços e Sem Parar

Vanessa Viel é a Diretora Comercial B2B no Sem Parar Empresas, em entrevista à revista SETCESP falou da sua experiência no segmento, sua paixão pelo trabalho e dos serviços da CTF Technologies, que oferece soluções para facilitar a vida do transportador

Conte-nos um pouco sobre quais são os serviços e produtos que a CTF oferece, para facilitar a relação de pagamento entre transportadoras e motoristas autônomos?

A CTF Technologies oferece aos seus clientes, soluções que possibilitam o controle total do abastecimento, passagem automática, vale-pedágio e de frete. Especialmente para os transportadores e motoristas autônomos, que precisam estar atentos às legislações de frete e vale-pedágio. Temos, em nossa cesta de produtos, o Vale-Pedágio em 3 formas de pagamento, – TAG Sem Parar, Cupom e Cartão – , além disso, passamos a oferecer o novo Cartão Frete Sem Parar com a bandeira Mastercard.  Também oferecemos produtos para controle de abastecimento, via tecnologia embarcada ou cartão e até TAG para passagem de pedágios e estacionamentos.

Ainda há no mercado as chamadas cartas fretes, na sua opinião o que precisa ser feito, para acabar de vez com essa informalidade?

Acredito que precisamos de um conjunto de fatores para mudar esse cenário. Da nossa parte, como empresas de meios de pagamento, seria viabilizar e demonstrar as vantagens e benefícios do pagamento eletrônico de frete para toda a cadeia envolvida, desde o contratante do frete, o transportador até os postos de combustível e rede de parceiros. E dos envolvidos na cadeia, seria uma conscientização sobre os ganhos finais em adotar um modelo homologado. No caso do contratante em específico, uma maior gestão de todas as etapas do pagamento do frete ao transportador.

Diante de um mercado tão competitivo, como os de meio de pagamento, de que forma encontrar um diferencial para se destacar da concorrência?

Oferecer aos seus clientes um melhor pacote, que englobe a melhor oferta, o melhor atendimento e a melhor prestação de serviços. O mercado de empresas mudou muito e vem mudando de um tempo para cá, onde as experiências de compras de pessoas físicas, com sua praticidade e agilidade, estão cada vez mais presentes na vida corporativa e interferem nas decisões de compra. É nesse sentido que procuramos nos diferenciar, para oferecer soluções adequadas a diferentes perfis de empresas.

Concorda que os meios de pagamentos estão se tornando cada vez mais digitais? Neste cenário, o que a CTF tem feito para inovar e até simplificar esse processo de digitalização?

Sim, concordo. A CTF e o Sem Parar, inclusive, são reconhecidos pelo mercado exatamente pelo pioneirismo e tecnologia de suas soluções que garantem, entre outras coisas, total controle e segurança aos nossos clientes.

E a criação do Sem Parar Empresas chegou para corroborar o DNA destas duas empresas e estamos em vias de lançar para o mercado novas soluções cada vez mais modernas, digitais e intuitivas para pagamentos de pedágios, abastecimentos e frete.

Você é a primeira executiva mulher a estrear nesta coluna. Na sua opinião, acredita que falta muito para o Brasil alcançar a equidade de gênero no campo profissional, principalmente em cargos de liderança?

Nossa, que honra! Me sinto privilegiada, mas, ao mesmo tempo, encaro isso como um sinal que temos ainda muita coisa para evoluir e batalhar para mudar este cenário. Segundo o IBGE, a jornada semanal das mulheres dura em média 3,1 horas a mais do que a dos homens, considerando o tempo dedicado ao emprego e ao cuidado da casa e de seus familiares.

Então, acho que ainda falta muito para alcançarmos a equidade de gênero, pois vejo que as mulheres não têm as mesmas oportunidades que os homens ao disputar um cargo de liderança. Tendo, muitas vezes, que provar e comprovar sua capacidade e competência. De qualquer forma, estou otimista em conquistarmos mais espaço, venho acompanhando que está cada vez mais comum a preocupação das empresas com este tema.

Como executiva qual é o seu maior sonho?

Continuar trabalhando no que amo, exercendo minhas funções com respeito, responsabilidade e com os mesmos direitos e deveres, para que em algum momento consigamos atingir a igualdade de gênero mencionada na resposta anterior. Além de continuar conquistando os resultados que me tragam satisfação profissional, pessoal e para a companhia, meu sonho é transmitir um legado positivo para às pessoas que trabalham comigo direta ou indiretamente e para todos àqueles com quem me relaciono. Meu forte são pessoas e meu lema é pessoas felizes fazem coisas felizes e conseguem multiplicar.


voltar