+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
Família completa: Delivery 13.180 já estreia no mercado com pedido de mais de 100 veículos

Mais novo integrante da família de caminhões leves da VW, o Delivery 13.180 acaba de desembarcar no mercado brasileiro e suas primeiras unidades já têm destino certo: foram encomendadas para operar na distribuição de bebidas pelo país. Equipado com terceiro eixo, o modelo é mais leve que sua versão anterior e tem a maior capacidade de carga de sua categoria.

“O Delivery 13.180 já chega ao mercado com vendas expressivas e isso é fruto do reconhecimento que a nova família conquistou dos clientes em seu primeiro ano no mercado. Assim como nos demais modelos, esse caminhão chega para ter o melhor custo total de operação (TCO) de seu segmento”, afirma Ricardo Yada, supervisor de Marketing de Produto da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Com robustez e flexibilidade sob medida, o Delivery 13.180 tem peso bruto total (PBT) de 13,2 toneladas, tendo sido projetado de acordo com a legislação de circulação de Veículo Urbano de Carga de São Paulo (VUC) onde há restrição de tráfego. Seu motor Cummins ISF, de 3,8 litros e tecnologia SCR, foi desenhado com robustez sob medida e entrega torque máximo de 600 Nm e 175 cv de potência.

No trem de força, o Delivery 13.180 conta ainda com a transmissão manual ESO-6206, com seis velocidades. Sua configuração permite um melhor escalonamento, mais economia de combustível e conforto para o condutor.

Diferenciais garantem vendas – Os caminhões foram “construídos em cima da balança”, procurando otimizar ao máximo sua carga útil, além de proporcionar maior economia de combustível e menor desgaste de componentes. Com rastro e padrão em todos os furos, o chassi tem como ponto alto a flexibilidade na posição em seus componentes. Mantém a originalidade, facilita e torna mais rápido qualquer encarroçamento, como nesse primeiro lote em que as mais de 100 unidades vão receber carroceria específica para transporte de bebidas.

A estrutura da cabine é mais um destaque de toda a nova família Delivery. Além de ser referência como a mais espaçosa do mercado na categoria de leves, o habitáculo conta com o reforço dos aços de alta resistência, que a tornam mais segura e resistente, atendendo aos mais severos requisitos de segurança europeus (norma ECE R29).

Implemento de fábrica: mais uma vantagem para os novos Delivery Express e 4.150

Os novos Delivery Express e 4.150 oferecem ao mercado uma enorme facilidade: para agilizar sua entrada em operação, os modelos podem sair com implemento de fábrica. O cliente pode escolher entre carga seca ou baú, com todas as garantias desses equipamentos preservadas por seu fabricante, a Randon.

“Essa é uma parceria inédita que fechamos com a Randon para garantir outros diferenciais aos modelos mais leves da Volkswagen Caminhões. Todo o processo é feito ao lado de nossa fábrica, e os clientes se beneficiam de uma entrega do produto mais rápida, sem se preocupar com a instalação da carroceria e com um custo do veículo completo mais competitivo”, explica Yada.

Os implementos tiveram um projeto exclusivamente desenvolvido pela Randon para os caminhões VW e contam com um ano de garantia total.

Considerando os modelos normais de produção — ou seja, com o entre-eixo de 3.600 mm —, o implemento para carga seca tem 4,3 metros de comprimento; 2,2 m de largura e 0,4 m de altura. Essa configuração é ideal para o transporte de materiais de construção, hortifrútis ou mesmo produtos envazados. Já como baú, as dimensões ficam em 4,3 m de comprimento; largura de 2,2 m; e altura de 2,2 m, tamanho adequado para carregar eletrodomésticos, flores, peças ou qualquer outra aplicação de distribuição urbana.

Caminhão por fora, carro por dentro

A nova família Delivery já encanta os clientes no Brasil e também América Latina afora. Assim como os demais modelos da linha, o Express tem atributos de sobra para manter as expectativas e a preferência em alto patamar ao entregar desempenho e robustez de caminhão com conforto de carro.

O Express proporciona ainda algumas vantagens adicionais por se enquadrar como caminhonete: pode ser dirigido por motoristas com carteira de habilitação categoria B e trafegar em áreas onde a circulação de caminhões é restrita. Seu rodado simples permite pagar pedágio no valor de um automóvel. E o modelo também não precisa passar nas praças de fiscalização por balança, mesmo quando carregado.  

Também com coluna de direção é ajustável em altura e profundidade, o que facilita a operação e proporciona ergonomia de carro de passeio. A manobrabilidade também se destaca como a melhor do mercado na categoria, graças ao maior ângulo de esterçamento e ganho na capacidade de realizar as manobras em vias estreitas.


voltar