+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
23 de Março de 2018 – 14h51 horas / Future Transport

A intermodalidade vem se mostrando um grande negócio na região em torno de São Paulo. Aliando a cabotagem, ferroviário e rodoviário, o Terminal Intermodal de Jundiaí (Tiju) vem conquistando resultados acima das expectativas em apenas seis meses de operação.

 

Apenas em fevereiro, a Contrail Logística, responsável pelo Tiju, transportou 12 trens carregados com contêineres entre o terminal e o Porto de Santos. Entre os clientes, estão LG Eletronics, Amcor, GL Foods e Mavalério.

 

A operação para a Amcor começa com o transporte de embalagens PET via navegação costeira entre os portos de Manaus e Santos. Do litoral paulista, a carga é transportada por trem até o terminal de Jundiaí.

 

A média mensal é de 120 contêineres por mês e a expectativa é aumentar esta demanda para 200 contêineres por mês. Além do transporte, a Amcor também utiliza o Tiju como buffer para armazenagem da carga em meses de baixa produção.

 

Outro ponto importante para a alavancagem dos volumes no terminal é a parceria da Contrail com os principais armadores de cortação e cabotagem e longo urso que escalam navios no porto de Santos. Com isso, é possível reaproveitar os contêineres de importação e retorná-los com cargas de exportação.

 

O tempo de percurso entre o Tiju e o porto de Santos também tem sido melhor que o previsto. Operado pela MRS Logística o trem tem levado 16 horas para realizar o trajeto – quando o tempo antes estimado para o trecho era de 24 horas.


voltar