(11) 2632-1000
Escolha uma Página
04 de Fevereiro de 2016 – 04h57 horas / Portal Transporta Brasil

O Porto do Itaqui, em São Luís (MA), prevê receber R$ 1,35 bilhão de investimentos públicos e privados até 2017. Entre as obras previstas, está a construção de um novo terminal de fertilizantes, que ampliará a capacidade de movimentação de 1,5 milhão para 4,5 milhões de toneladas por ano.


“Será um investimento importante pela proximidade com a nova fronteira agrícola no país, no Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que precisa do fertilizante para o plantio da soja”, afirma Ted Lago, presidente da Emap (Empresa Maranhense de Administração Portuária), responsável pelo porto.


O financiamento, via Programa de Investimentos em Logística, também vai custear a ampliação do terminal de cargas geral, o que deve aumentar a capacidade de escoamento de celulose, além de facilitar a exportação do farelo de soja. Os investimentos também preveem a construção da segunda fase do terminal de grãos, cuja capacidade deve subir de 8 milhões para 14 milhões de toneladas por ano.


Além disso, novos berços serão destinados à movimentação de combustíveis, que deve crescer 40% e atingir 13 milhões de toneladas por ano. Nos próximos dias também devem ser divulgados novos acordos com investidores da China e de países do Oriente Médio, em projetos ligados ao setor de energia e siderurgia.


voltar