(11) 2632-1000
Escolha uma Página
21 de Julho de 2017 – 04h37 horas / G1

O número de multas registradas na cidade de São Paulo caiu 13% no primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

 

Os dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) também indicam que houve queda de 25% no número de acidentes nos primeiros quatro meses do ano. Mas, para a PM, de janeiro a abril deste ano foram 503 acidentes nas duas marginais, contra 339 em 2016 (aumento de 48,3%).

 

Nos primeiros quatro meses de 2017, foram computadas 4.539.778 infrações. Já de janeiro a abril de 2016 foram aplicadas 5.233.762 multas, segundo dados obtidos pelo G1.

 

A queda do número de infrações cometidas ocorreu após o aumento de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros. A mudança ocorreu no dia 25 de janeiro e gerou muita polêmica.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, diversas medidas foram tomadas para orientar os motoristas, mas sem diminuir a intensidade da fiscalização. Segundo a pasta, foi criado um comitê de segurança que tem reforçado a sinalização para instruir os motoristas sobre as regras de trânsito, reduzindo o número de infrações.

 

“A fiscalização é um dos pilares importantes para manter e preservar a segurança do trânsito. O que estamos fazendo é melhorar os avisos, a sinalização, para fazer com que o motorista se comporte adequadamente, seguindo as regras. Trânsito bom é trânsito seguro”, afirmou o secretário de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda.

 

O estudo divulgado pelo Painel Mobilidade Segura, site da Prefeitura de São Paulo, também mostra que o número de multas captadas por meio eletrônico, como radares, diminuiu 17% no período. No primeiro quadrimestre de 2016 foram 4.149.241 infrações ante 3.442.516 neste ano.

 

Das 4.539.778 multas aplicadas de janeiro a abril deste ano, 24,17% foram manuais e 75,83% foram registradas por meio eletrônicos.


voltar