+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
‘Governo não tem mais condições de gastar com rodovias’, diz secretário do Planejamento
15 de Setembro de 2017 – 11h50 horas / G1

Responsável pela secretaria de Desenvolvimento de Infraestrutura do ministério disse que União pretende privatizar 40 mil km de rodovias federais. Objetivo é fazer concessão para garantir tarifa reduzida nos pedágios.

 

O governo federal pretende conceder à iniciativa privada 40 mil quilômetros de rodovias federais. Foi o que informou nesta quinta-feira (14) o secretário de Desenvolvimento de Infraestrutura do Ministério do Planejamento, Hailton Madureira de Almeida. Ele afirmou que a União não tem condições de investir mais nas estradas do país.

 

"O governo federal não tem mais condições de gastar com as rodovias", disse o secretário durante o Seminário Internacional sobre Infraestrutura realizado pela Federão das Indústrias (Firjan), no Rio de Janeiro.

 

Segundo o secretário, atualmente há cerca de 10 mil km de rodovias administrados pela iniciativa privada e o país tem potencial de concessão de 50 mil km. A ideia do governo e licitar os cerca de 40 mil restantes a partir do ano que vem. Para isso, será necessário um estudo prévio.

 

"O usuário vai ter uma rodovia bem mantida e o governo vai gastar menos", apontou Almeida.


O secretário destacou que a pasta terá o cuidado de implantar um sistema de concessão que não onere tanto o usuário das rodovias. "O que a gente imagina é um sistema parecido com a concessão feita em grandes cidades, com tarifa reduzida dos pedágios", disse.


voltar