+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
18 de Dezembro de 2015 – 10h56 horas / CNT

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira (17), quatro resoluções que autorizam o reajuste de pedágio em trechos de rodovias concedidas.


Os aumentos foram calculados para recomposição tarifária anual com base na variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no período, de aproximadamente 10%.


BR-116/SP/PR


Para o trecho da BR-116 que liga São Paulo (SP) a Curitiba (PR), administrado pela Concessionária Autopista Régis Bittencourt, a tarifa básica passará de R$ 2,00 para R$ 2,50. O novo valor entra em vigor no dia 29 de dezembro.


BR-381/MG/SP


A tarifa básica de pedágio para quem passa pela BR-381, entre Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP), será reajustada a partir de 19 de dezembro. O valor passará de R$ 1,60 para R$ 1,80 nas praças de pedágio localizadas em: Mairiporã (SP); Vargem (SP); Cambuí (MG); Careaçu (MG); Carmo da Cachoeira (MG); Santo Antônio do Amparo (MG); Carmópolis de Minas (MG); e Itatiaiuçu (MG). A rodovia é administrada pela Autopista Fernão Dias S/A.


BR-116/PR/SC


Os motoristas que passam pela BR-116, entre Curitiba e a divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul, pagarão mais pelo pedágio a partir de 19 de dezembro. A tarifa básica passará de R$ 4,10 para R$ 4,80 nas praças de Mandirituba (PR), Campo do Tenente (PR), Monte Castelo (SC), Santa Cecília (SC) e Correia Pinto (SC). O trecho está concedido à Autopista Planalto Sul.


BR-153/SP


A tarifa básica de pedágio na BR-153, entre a divisa de Minas Gerais com São Paulo e a divisa de São Paulo com o Paraná, passará de R$ 3,70 para R$ 4,30 nas praças de pedágio localizadas em Onda Verde (SP); José Bonifácio (SP); Lins (SP); e Marília (SP). As tarifas entrarão em vigor no dia 18 de dezembro.


Depois, o valor poderá chegar a R$ 7,70. Mas o aumento está condicionado ao cumprimento de algumas medidas por parte da concessionária, a Transbrasiliana, determinadas pela ANTT, como a apresentação de projetos executivos para obras na pista e realização de audiências públicas.


Natália Pianegonda
Agência CNT de Notícias


voltar