+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
14 de Fevereiro de 2017 – 05h52 horas / Sest Senat

Todas as Unidades Operacionais do SEST SENAT já oferecem gratuitamente aos trabalhadores do transporte e seus dependentes os serviços prestados pela instituição: cursos presenciais e a distância e atendimentos em fisioterapia, nutrição, psicologia e odontologia, além das atividades de esporte, lazer e cultura. Para ter acesso à gratuidade, é preciso que o trabalhador autônomo ou a empresa onde trabalha contribua para o SEST SENAT.


O objetivo é ampliar ainda mais o acesso à qualificação profissional e serviços de saúde. A gratuidade é uma forma de garantir capacitações continuadas que contribuem para a permanência e a colocação no mercado de trabalho, além de promover a qualidade de vida e o bem-estar do profissional.

 

“O SEST SENAT é referência para o setor de transporte”, salienta a diretora executiva nacional da instituição, Nicole Goulart. Por isso, profissionais do setor em todos os modais, transportadores autônomos e dependentes podem usufruir dos serviços prestados sem pagar nada.


São considerados dependentes: cônjuge ou companheiro (a) e filhos menores de 21 anos; pais e avós que comprovem dependência econômica do trabalhador; menores sob tutela e guarda judicial; e filhos maiores de 21 anos quando declarados incapazes física e mentalmente e viverem sob a dependência econômica do profissional.


Como ter gratuidade


É preciso ir até uma das 145 Unidades Operacionais da instituição e apresentar a documentação necessária que varia de acordo com o vínculo do profissional com o setor de transporte. Por isso, é importante entrar em contato com a Unidade mais próxima para verificar quais são os documentos necessários, tanto do trabalhador quanto dos dependentes. A partir disso, é feito um cadastro no Sistema Integrado de Gestão do SEST SENAT e é verificada a regularidade da contribuição do profissional ou da empresa a qual está vinculado. É por meio desse programa que os usuários têm a oportunidade, por exemplo, de iniciar um tratamento em uma região do país e continuar em outra.


Mais benefícios para trabalhadores


Além de todos os atendimentos oferecidos pelas Unidades, desde o dia 1º de fevereiro, os trabalhadores têm direito a mais um benefício: os serviços de especialidades odontológicas que são realizados por laboratórios e clínicas conveniadas ao SEST SENAT também passaram a ser gratuitos. Entram nessa categoria: implantes, ortodontia, prótese, radiologia e dentística, quando é preciso fazer uma restauração dental, por exemplo.


Uma pesquisa realizada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) no ano passado mostrou que 83% dos caminhoneiros e 82% dos taxistas não possuem planos odontológicos. Tornar esse tipo de serviço gratuito é mais uma forma de contribuir com a melhoria da qualidade de vida do trabalhador, objetivo expresso na missão do SEST SENAT. “O atendimento odontológico é o nosso carro-chefe. É um serviço de ponta com estrutura moderna e profissionais altamente capacitados”, destaca Nicole Goulart.


voltar