+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
23 de Novembro de 2018 – 13h57 horas / Diário do Transporte

O número de mortes no trânsito caiu 13% em Santo André, no ABC Paulista, mesmo sem radares móveis na cidade. Os dados são do Infosiga, banco de dados do Governo de São Paulo, e comparam os meses de outubro e novembro deste ano com o mesmo período de 2017.

 

Nos últimos 12 meses, entre novembro de 2017 e outubro de 2018, foram registradas 39 vítimas fatais no município, enquanto entre novembro de 2016 e outubro de 2017 ocorreram 45 mortes no trânsito da cidade.

 

Os números apresentados vão na contramão das expectativas levantadas após um ano do fim dos radares móveis na cidade. Mesmo sem a fiscalização eletrônica que não é sinalizada por placas, os acidentes caíram no município.

 

Segundo informações da Prefeitura, são realizadas diversas atividades focadas na segurança viária e na conscientização de motoristas, pedestres e ciclistas.

 

“Entre as ações estão campanhas educativas e investimento em melhorias na sinalização de trânsito e na qualidade das vias. No mês de maio, por exemplo, com o Maio Amarelo, a Prefeitura intensificou as ações que são realizadas durante todo o ano, para conscientizar os munícipes sobre a importância de obedecer as regras de trânsito”, informou a administração municipal, em nota.

 

A Prefeitura também informou que realiza a Operação Fluidez, com o objetivo de melhorar o tráfego de veículos nas ruas e avenidas mais movimentadas da cidade – a iniciativa funciona com a presença de agentes reordenando o tráfego.


voltar