+55 (11) 2632-1000
Escolha uma Página
09 de Maio de 2018 – 13h54 horas / Diário do Transporte

A Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo está concorrendo ao Prêmio Digital Security.

 

Indicado na categoria “Melhor Case de Segurança Eletrônica de 2017”, o Centro de Controle de Informações (CCI) da Agência, inaugurado em 2014, passou a otimizar a fiscalização das rodovias concedidas em todo o Estado de São Paulo.

 

Anteriormente este controle era feita apenas presencialmente nas pistas e por meio de relatórios que levavam dias para chegar à sede da Agência.

 

Graças ao CCI, o acompanhamento dos elevados parâmetros de operação das rodovias paulistas passou a ser 24 horas e em tempo real, nos mais de 8,3 mil quilômetros de malha operada por 22 concessionárias.

 

A análise do case da Artesp foi feita pela revista Digital Security, e pode ser acessada pelo link http://goo.gl/4a4aK5.

 

A escolha dos vencedores será feita através de votação, o que pode ser feito até o dia 18 de maio pelo link http://goo.gl/GTMJg3.

 

A cerimônia de premiação será realizada no dia 23 de maio, dentre os votantes a Digital Security vai sortear um Fone de Ouvido High-End modelo HD 4.50 BTNC da Sennheiser.

 

CENTRO DE CONTROLE DE INFORMAÇÕES (CCI) DA ARTESP

Após a inauguração do CCI em 2014 o acesso e análise dos dados ficou mais fácil, “permitindo respostas e ações que melhor atendem a todos os usuários e que muitas vezes podem salvar vidas“, diz Ivo Martins Guerra, superintendente do CCI da Artesp.

 

Para se ter ideia da importância do projeto, somente em 2017 foram processadas pelo CCI 1,5 milhão de ocorrências nas pistas – uma média de 4,3 mil ocorrências diárias.

 

O banco de dados do Centro de Controle absorve e processa informações que são geradas por 1.121 câmeras instaladas nas rodovias, 8.071 telefones de emergência (call boxes), 386 sensores de tráfego, 34 estações meteorológicas e 352 painéis eletrônicos de mensagens entre outros equipamentos interligados aos centros de controle, principalmente, por fibra ótica.

 

Para receber as informações foram instalados servidores nas concessionárias de rodovias paulistas, o que permite extrair diariamente relatórios sobre as condições das rodovias, além de informes pontuais sobre cada ocorrência de acidente, interdições e situações atípicas de tráfego – monitoramento que compreende cerca de 60% do tráfego rodoviário de São Paulo.

 

Um dos principais desafios foi unificar as informações das concessionárias que seguem diferentes padrões de dados.

 

Outra importante solução foi a adoção de uma plataforma que permite acessar remotamente o banco de dados com segurança para diferentes níveis de usuários. Esse recurso permite que emissoras de TV conveniadas possam prestar informações sobre trânsito nas rodovias remotamente, criando mapas interativos que mostram a densidade operacional em tempo real, assim como dados meteorológicos e eventuais bloqueios, o que auxilia os motoristas na tomada de decisão da melhor hora e do melhor caminho para sua viagem.

 

Com a atual infraestrutura, a Agência consegue monitorar em seu videowall, simultaneamente, imagens de até quatro câmeras de cada concessionária de rodovias paulistas.

 

Em breve, parte do sistema deverá ser atualizado para acompanhar a modernização prevista nos contratos mais recentes de concessão que exigem a implantação de câmeras inteligentes que detectam, por exemplo, determinados movimentos nas pistas que fogem da rotina e exigem algum recurso ou atuação da concessionária, como um carro parado no acostamento, andarilhos, etc.

 

Outras possibilidades que futuramente poderão ser exploradas pelo CCI são o acesso às informações do transporte rodoviário interestadual e dos aeroportos estaduais sob concessão – áreas que a Artesp também exerce fiscalização.


voltar